Os laboratórios são fundamentalmente espaço de experimentação, o que requer curiosidade, como fartamente se diz sobre qualquer laboratório, mas também paciência, tenacidade, disposição de raciocínio, espírito livre para conjugar teorias e práticas.

Têm a ver com criatividade, certamente, sobretudo se entendemos que criatividade é uma atividade, um exercício, uma expressão em ato.  É nessa direção que trabalhamos nos laboratórios de linguística. Portanto, importam os resultados, mas principalmente os caminhos, os percursos, as trilhas que levam a eles.

Para uma reflexão mais detida sobre tudo isso,  sugerimos “The potter”, dirigido por Josh Burton:

No bacharelado em linguística da UFSCar, os laboratórios organizam-se em três ênfases: 1. indústria da língua e processamento de línguas naturais; 2. meios e materiais instrucionais de produção e difusão dos textos; 3. texto e discurso.

Programas desenvolvidos conforme as linhas de pesquisa:

LAB 1 – meios e materiais: o som e o sentido (aspectos fonéticos e fonológicos)

exercício 1: frigir dos ovos / receita para manjar de escrever

exercício 2: what languages sound like to foreigners / Loituma Ievan Polkka

exercício 3: acordo

exercício 4: dê, mais, pausas, na, sua, vida

exercício 5: leveza (outra leveza?)

exercício 6: som da chuva / som de carro / dublagem

exercício 7: Criolo fala no programa Espelho – (Normas de transcrição – triagem inicial)

exercício 8: Le papier a un grande avenir – dublagem 1

Harpic – Power Plus – India – dublagem 2

Jupiler Beer – dublagem 3

vídeos sugeridos:
ver com os ouvidos

Nuklea Esperanto muziko de AzaÅ­ak (rock em esperanto)

“O Drama de Angélica”, de Alvarenga e Ranchinho (cadência proparoxítona)

textos sugeridos: todos os sentidos / “Conversas com linguistas

sons e coletivos:

***

LAB 3 – MEIOS E MATERIAIS – PROGRAMA 2016 – catálogos

O LAB 3 ganhou uma epígrafe enviada por uma aluna da edição 2016.

Sobre ver, olhar, enxergar e imaginar: O que Alécio vê“, de Drummond.

LAB 3 – MEIOS E MATERIAIS – PROGRAMA 2017- logotipos

Exercício:

material de base – vídeo – Chimamanda Adichie

preencher formulário

***

MATERIAIS COMPLEMENTARES

Janela da alma“, documentário de 2001, dirigido por João Jardim e Walter Carvalho, registra a relação com a visualidade e a imaginação de pessoas com miopia e cegueira. O filme é composto de 19 depoimentos, em que se revela o modo como a visão influencia a construção da personalidade. Entre os entrevistados, há ilustres brasileiros e estrangeiros entre outros, menos conhecidos e igualmente afetados pelos seus peculiares modos de ver [e viver] o mundo.

 Excertos de “Janelas da alma” – excerto 1 e excerto 2

Teste: sintaxe das cores

Vídeo sobre pequeno experimento de lentes para daltônicos

Perspectiva e ângulo: o gato está subindo ou descendo as escadas?

***

LAB 4 – meios e materiais: exercícios de editoração (aspectos semânticos)

 

***

LAB 6 – texto e discurso: totalidades complexas  / uma reflexão sobre comunicação

LAB 6 ii – projetos editoriais

 

***

 

LAB 7 – meios e materiais: preparo para a produção de coleções: normatizar, normalizar, padronizar, universalizar

 

***

 

LAB 8 II – Meios e materiais: equipe editorial de criação – didáticos, paradidáticos, periféricos e não-escolares (2012)

LAB 8 II – Meios e materiais: equipe editorial de criação – coleção de revistas temáticas (2013, 2014)

Red-e – uma coleção de coleções

 

LAB 8 II – Meios e materiais: equipe editorial de divulgação do acervo da UEIM (2015)

Fim do mundo do fim, de Julio Cortázar

relatório semanal

Anúncios